SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue62Urban experience in Benjamin's comments on Brecht poemsLeftist heideggerianism or phenomenological marxism?Reconsidering Herbert Marcuse's critical theory of technology author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Caderno CRH

Print version ISSN 0103-4979

Abstract

REPA, Luiz. Totalidade e negatividade: a crítica de Adorno à dialética hegeliana. Cad. CRH [online]. 2011, vol.24, n.62, pp. 273-284. ISSN 0103-4979.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792011000200004.

O artigo pretende explicitar, primeiramente, a crítica de Adorno à associação entre negatividade e totalidade em Hegel, para, em seguida, mostrar que, apesar dessa crítica, o próprio Adorno não dispensa um conceito de totalidade com função explicativa. Somente em um nível micrológico a crítica adorniana parece se justificar, na medida em que o conceito de totalidade é criticado como positivação da sociedade contemporânea. Dessa maneira, sua obra sobre a dialética negativa exercita dois usos distintos dos conceitos de negatividade e totalidade, os quais podem se combinar por meio de sua concepção de totalidade como ilusão socialmente necessária.

Keywords : dialética; negação determinada; totalidade; ilusão socialmente necessária; razão instrumental.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese