SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número64Territórios e territorialidades específicas na Amazônia: entre a "proteção" e o "protecionismo"Infraestrutura na Amazônia: as lições dos planos plurianuais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Caderno CRH

versão impressa ISSN 0103-4979

Resumo

CARNEIRO, Marcelo Domingos Sampaio. Entre o estado, a sociedade e o mercado: análise dos dispositivos de governança da indústria florestal na Amazônia. Cad. CRH [online]. 2012, vol.25, n.64, pp. 73-86. ISSN 0103-4979.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-49792012000100006.

A discussão sobre os instrumentos mais eficazes para enfrentar e corrigir os problemas ambientais opõe duas formas básicas de regulação: de um lado, as ações baseadas na iniciativa estatal, denominadas "comando e controle", e, de outro, as realizadas por intermédio de mecanismos de mercado e por iniciativas autônomas de limitação das ações, baseadas no civismo, como no caso dos códigos de boa conduta adotados por várias empresas. no presente artigo, discutimos três desses diferentes dispositivos de regulação da indústria florestal na amazônia - a certificação florestal, o modelo das florestas familiares e a política de concessões florestais -, procurando destacar suas principais diferenças, com base em uma tipologia das formas gerais de coordenação das atividades econômicas proposta por boyer (2004), enriquecida por um aporte da economia das convenções, que classifica o tipo de coordenação entre atores segundo a natureza da convenção constitutiva predominante.

Palavras-chave : indústria florestal; governança; políticas públicas; sociologia econômica.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · pdf em Português