SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue4Preparation and evaluation of a coumarin library towards the inhibitory activity of the enzyme gGAPDH from Trypanosoma cruziSynthesis, characterization and biological activity of symmetric dinuclear complexes derived from a novel macrocyclic compartmental ligand author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Journal of the Brazilian Chemical Society

Print version ISSN 0103-5053On-line version ISSN 1678-4790

Abstract

LA-SCALEA, Mauro Aquiles et al. Voltammetric behavior of nitrofurazone and its hydroxymethyl prodrug with potential anti-Chagas activity. J. Braz. Chem. Soc. [online]. 2005, vol.16, n.4, pp.774-782. ISSN 0103-5053.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-50532005000500015.

A doença de Chagas é um grave problema de saúde pública para a América Latina, situação agravada pela inexistência de quimioterapia eficiente. Os dois fármacos comercialmente encontrados, benznidazol e nifurtimox, são eficazes apenas na fase aguda da doença. A nitrofurazona é ativa contra Trypanosoma cruzi, entretanto, a alta toxicidade impede seu uso na parasitose. A hidroximetilnitrofurazona é um pró-fármaco da nitrofurazona, que apresenta maior atividade contra Trypanosoma cruzi, além de ser menos tóxico. Estudou-se o comportamento voltamétrico da nitrofurazona por voltametria cíclica, varredura linear e pulso diferencial, comparando-o ao do metronidazol e do cloranfenicol. Os coeficientes de difusão dos três fármacos foram estimados aplicando-se a equação de Wilke-Chang. Este artigo também apresenta o estudo do derivado hidroximetilnitrofurazona por voltametria cíclica. A redução de nitrofurazona é pH-dependente e em meio ácido o derivado hidroxilamínico, envolvendo quatro elétrons, é o principal produto formado. Em meio alcalino e com prévio tratamento do eletrodo de carbono vítreo, a redução de nitrofurazona ocorre em duas etapas: a primeira envolve um elétron para formar o nitro-radical aniônico e a segunda etapa corresponde à formação da hidroxilamina. Hidroximetilnitrofurazona possui comportamento voltamétrico semelhante e, de forma análoga, apresentou a mesma eletroatividade e capacidade de estabilização do nitro-radical, indicando que a modificação molecular de nitrofurazona não introduziu alterações no seu comportamento voltamétrico. Uma breve discussão das diferenças de atividade biológica entre os compostos também é apresentada.

Keywords : nitrofurazone; hydroxymethylnitrofurazone; nitrofurazone prodrug; cyclic voltammetry; nitro-radical anion.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License