SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue8EPR and semi-empirical studies as tools to assign the geometric structures of FeIII isomer models for transferrinsA novel binuclear ruthenium complex: spectroscopic and electrochemical characterization, and formation of Langmuir and Langmuir-Blodgett films author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Journal of the Brazilian Chemical Society

Print version ISSN 0103-5053

Abstract

GUERRA, Wendell et al. Three new complexes of platinum(II) with doxycycline, oxytetracycline and chlortetracycline and their antimicrobial activity. J. Braz. Chem. Soc. [online]. 2006, vol.17, n.8, pp. 1627-1633. ISSN 0103-5053.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-50532006000800021.

Este artigo descreve a síntese e a caracterização de três novos complexos de platina(II) com a oxitetraciclina, doxiciclina e clortetraciclina por análise elementar, espectroscopias IV e RMN de 195Pt. As interações da doxiciclina com íons PtII em função do pH foram estudadas por RMN de 1H. Todas as tetraciclinas investigadas formam complexos 1:1 com a PtII via oxigênio do grupo hidroxila e oxigênio do grupo amida do anel A. As concentrações mínimas inibitórias (MIC) dos ligantes e de seus complexos de PtII foram determinadas em duas cepas sensíveis (E. coli HB 101 and E. coli ATCC 25922) e em uma resistente (E. coli HB101/pBR322). O complexo de platina da doxiciclina é duas vezes mais potente do que o antibiótico livre na cepa resistente. Os coeficientes de partição dos complexos em octanol e água foram determinados. O aumento da lipofilia causa um aumento da atividade antimicrobiana na cepa resistente.

Keywords : tetracycline derivatives; platinum complexes; antimicrobial activity; bacterial resistance.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English