SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue5Synthesis, characterization and use of Nb2O5 based catalysts in producing biofuels by transesterification, esterification and pyrolysisSynthesis and antimicrobial evaluation of some new pyrazole, pyrazoline and chromeno[3,4-c]pyrazole derivatives author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Journal of the Brazilian Chemical Society

Print version ISSN 0103-5053

Abstract

DUARTE, Alessandra R. et al. Seasonal Influence on the Essential Oil Variability of Eugenia dysenterica. J. Braz. Chem. Soc. [online]. 2009, vol.20, n.5, pp. 967-974. ISSN 0103-5053.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-50532009000500023.

A composição química dos óleos essenciais em populações cultivadas de Eugenia dysenterica, originadas de sementes obtidas de dois diferentes sítios de amostragem, e coletadas durante o verão e o inverno, indicou a presença de dois tipos de óleos, de acordo com a origem das sementes e da estação do ano. O grupo I incluiu somente as amostras oriundas de sementes de Senador Canedo (SC), sejam as coletadas no inverno (subgrupo IA) e caracterizadas pela percentagem elevada de β-pineno (6,6-14%), α-pineno (5,9-13%) e (Z)-β-ocimeno (0-13%), ou aquelas amostras coletadas principalmente no verão (subgrupo IB) e caracterizadas pela percentagem elevada de γ-cadineno (0-33%), limoneno (1,2-28%) e β-pineno (3,2-23%). O grupo II incluiu todas as amostras cultivadas a partir de sementes originadas de Campo Alegre de Goiás (CA), independentemente da estação do ano, cujos constituintes majoritários foram β-cariofileno (15-74%), δ-cadineno (0-24%) e α-copaeno (0-14%). A correlação canônica entre as populações e as estações do ano revelou que α-pineno, (Z)-β-ocimeno, (E)-β-ocimeno e γ-cadineno apresentaram uma forte correlação com o inverno frio e seco (subgrupo IA), enquanto β-cariofileno, temperatura e precipitação médias mensais foram relacionados às amostras originadas de sementes de CA coletadas durante o verão quente e úmido (grupo II). Os hidrocarbonetos sesquiterpênicos predominaram em todas as populações analisadas e a variação química nos óleos essenciais parece ser determinada geneticamente pela origem da semente, em adição a uma nítida influência sazonal somente sobre aquelas provenientes de SC.

Keywords : Eugenia dysenterica; Myrtaceae; essential oil; chemical variability; multivariate analysis; seasonal influence.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English