SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue4Pesticide residue determination in groundwater using solid-phase extraction and high-performance liquid chromatography with diode array detector and liquid chromatography-tandem mass spectrometryTropical peat as a versatile material for solid-phase extraction of pesticides from medicinal plant Cordia salicifolia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Journal of the Brazilian Chemical Society

Print version ISSN 0103-5053

Abstract

BARBOSA, Claudomiro P. et al. Electrochemical removal of CuII in the presence of humic acid. J. Braz. Chem. Soc. [online]. 2010, vol.21, n.4, pp. 651-658. ISSN 0103-5053.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-50532010000400010.

A remoção de CuII (10 mg L-1) complexado por ácido húmico comercial (100 mg L-1) foi estudada a diferentes densidades de corrente (30-80 mA cm-2) usando uma célula filtro-prensa, ânodo de Ti/Ru0.3Ti0.7O2 e cátodo de aço inoxidável. As eletrólises foram feitas com e sem membrana separando os compartimentos da célula [aniônica homogênea (Nafion R117), catiônica heterogênea (Ionac MC-3470) e aniônica heterogênea (Ionac MA-3475)]. A influência da membrana na velocidade de remoção de CuII foi maior com as catiônicas. Foi obtida eficiência de corrente de ca. 55% (Ionac MC-3470) para remoção de CuII a 30 mA cm-2. Combinando oxidação e redução, foi obtida remoção de 100% de CuII com eficiência de corrente de 75%. A etapa principal para a remoção é interação eletrostática com o ânodo, seguida pela difusão através da membrana e deposição sobre o cátodo. Adicionalmente, a degradação oxidativa de ácido húmico contribui com a velocidade de remoção de CuII.

Keywords : humic acid; copper removal; water treatment.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English