SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número12A theoretical study of the hydride transfer between 1-Adamantyl cation and isopentaneUltrafast dynamics of solvation: the story so far índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Journal of the Brazilian Chemical Society

versión impresa ISSN 0103-5053

Resumen

OLIVEIRA, Aline A. S. et al. Magnetic amphiphilic composites based on carbon nanotubes and nanofibers grown on an inorganic matrix: effect on water-oil interfaces. J. Braz. Chem. Soc. [online]. 2010, vol.21, n.12, pp. 2184-2188. ISSN 0103-5053.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-50532010001200004.

Novos compósitos magnéticos anfifílicos foram preparados pelo crescimento de nanotubos e nanofibras de carbono contendo partículas magnéticas através de deposição química de vapor (CVD), utilizando etanol como fonte de carbono e lama vermelha (RM, subproduto do processo Bayer de produção de alumina) como suporte e catalisador. Monitoramento da reação CVD à temperatura programada (TPCVD), difração de raios X (XRD), espectroscopia Mössbauer, espectroscopia de energia dispersiva (EDS), espectroscopia Raman, termogravimetria (TG/DTA), análise elementar (CHN), determinação de área superficial (BET), microscopia eletrônica de varredura (SEM) e de transmissão (TEM) e medidas magnéticas mostraram que etanol reduz íons de ferro na RM para formar fases magnéticas, por exemplo Fe3O4 e Fe0, e depósitos de carbono (5-42 wt.%) na forma de nanotubos e nanofibras. A combinação de nanoestruturas hidrofóbicas de carbono com óxidos hidrofílicos de Al, Si e Ti presentes na lama vermelha produziu materiais anfifílicos com excelente interação com a interface água-óleo. Misturas de óleo de soja ou de decalina com água (completamente imiscíveis) foram emulsificadas facilmente na presença dos compósitos anfifílicos. Quando os compósitos foram adicionados a uma emulsão água-biodiesel estável, as partículas anfifílicas difundiram-se para a interface água- óleo. As partículas do compósito foram atraídas por ímãs e carregaram com elas as gotas de óleo, levando à completa desemulsificação e separação entre biodiesel e água.

Palabras clave : red mud; amphiphilic composites; emulsification; demulsification.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés (pdf) Inglés (epdf)