SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue3Estimate of the economic impact of implementing an in hospital protocol for the early detection and treatment of severe sepsis in public and private hospitals in southern BrazilIntraoperative lactate measurements are not predictive of death in high risk surgical patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Terapia Intensiva

Print version ISSN 0103-507X

Abstract

MARSON, Antonio Cesar; GRION, Cintia Magalhães Carvalho; FERREIRA FILHO, Olavo Franco  and  THOMSON, João Carlos. Mortes evitáveis em pacientes de trauma associadas a não adesão às diretrizes de atendimento. Rev. bras. ter. intensiva [online]. 2010, vol.22, n.3, pp. 220-228. ISSN 0103-507X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-507X2010000300002.

OBJETIVOS: Avaliar pacientes tratados por lesões traumáticas e identificar a adesão às recomendações de diretrizes de tratamento e sua associação com óbito. As recomendações adotadas foram as definidas pelo comitê de Trauma do American College of Surgeons para suporte avançado de vida no trauma. MÉTODOS: Este foi um estudo de coorte retrospectivo realizado em um hospital de ensino. A população do estudo foi constituída por vítimas de traumatismo com idade igual ou superior a 12 anos e com escores de gravidade da lesão > 16 tratados entre janeiro de 1997 e dezembro de 2001. A coleta de dados foi dividida em três fases: pré-hospitalar, intra-hospitalar e post-mortem. Os dados colhidos foram analisados com o software EPI INFO. RESULTADOS: Analisamos 207 pacientes, 147 vítimas de traumatismo fechado (71%) e 60 (29%) vítimas de traumatismo penetrante. As vítimas de traumatismo tiveram uma taxa de mortalidade de 40,1%. Identificamos 221 eventos de não adesão que ocorreram em 137 pacientes. Identificamos uma média de 1,61 ocorrências de não adesão por paciente, que ocorreu menos frequentemente entre os que sobreviveram (1,4) do que entre os que não sobreviveram (1,9; p=0,033). Segundo a metodologia de escore de gravidade da lesão, 54,2% dos óbitos foram considerados potencialmente evitáveis. A não adesão ocorreu 1,77 vezes mais frequentemente nos óbitos que foram considerados potencialmente evitáveis em comparação aos demais não-sobreviventes (IC 95%: 1,12 - 2,77; p=0,012) e 92,9% das ocorrências múltiplas de não adesão ocorreram no primeiro grupo (p=0,029). CONCLUSÕES: A falta de adesão às diretrizes ocorreu com maior freqüência em pacientes com óbitos potencialmente evitáveis. O não cumprimento das recomendações das diretrizes pode ser considerado um fator contribuinte para a morte em vítimas de traumatismo, e pode levar a um maior número de mortes potencialmente evitáveis.

Keywords : Centros de traumatologia; Índices de gravidade do trauma; Mortalidade; Avaliação de resultados (Cuidados de Saúde); Causas de morte; Fatores de risco.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese