SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1Neurogenic pulmonary edema: a current literature reviewMultidisciplinary care in the intensive care unit for a patient with Prader-Willi syndrome: a dental approach índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista Brasileira de Terapia Intensiva

versión impresa ISSN 0103-507X

Resumen

CAMPOS, Brenno Belazi Nery de Souza  y  MACHADO, Fabio Santana. Terapia nutricional no traumatismo cranioencefálico grave. Rev. bras. ter. intensiva [online]. 2012, vol.24, n.1, pp.97-105. ISSN 0103-507X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-507X2012000100015.

O objetivo do presente artigo é revisar a literatura e organizar os principais achados, gerando recomendações baseadas nas melhores evidências encontradas relativas à terapia nutricional nos casos de traumatismo cranioencefálico. O traumatismo cranioencefálico permanece uma patologia altamente letal, apesar dos avanços em seu diagnóstico e tratamento. Poucas intervenções terapêuticas tem se mostrado eficazes em melhorar este quadro. Há múltiplas alterações metabólicas e hidroeletrolíticas decorrentes do traumatismo cranioencefálico, caracterizadas por um estado hipermetabólico associado a um intense catabolismo, que levam a necessidades nutricionais específicas. Na literatura atual não há diretrizes específicas para terapia nutricional em pacientes vítimas de traumatismo cranioencefálico grave, mas há muitos dados interessantes e questões que estão sendo melhores estudadas, possibilitando um melhor direcionamento da terapia nutricional neste cenário. Além de avaliação e acompanhamento por uma equipe multiprofissional qualificada e treinada para estas questões, a introdução precoce do suporte nutricional, a utilização preferencial da via enteral com a infusão adequada de calorias, o uso de formulações adequadas e nutricionalmente equilibradas para cada caso específico, associadas a utilização de imunonutrientes específicos, melhor controle hidroeletrolítico e metabólico, além de melhor entendimento fisiopatológico e das consequências das próprias terapêuticas instituídas, parece modificar os desfechos destes casos.

Palabras clave : Traumatismos craniocerebrais; Traumatismos encefálicos; Terapia nutricional; Apoio nutricional; Nutrição enteral; Nutrição parenteral.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · Inglés ( pdf epdf ) | Portugués ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons