SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número2Palliative care of elderly patients in intensive care units: a systematic review índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Brasileira de Terapia Intensiva

versión impresa ISSN 0103-507X

Resumen

BARBOSA, Rosilu Ferreira; MARCATTO, Juliana de Oliveira; SILVA, Ana Cristina Simões e  y  SILVA, Yerkes Pereira e. Máscara laríngea ProSealTM como via de administração de surfactante no tratamento da síndrome do desconforto respiratório em recém-nascido pré-termo. Rev. bras. ter. intensiva [online]. 2012, vol.24, n.2, pp. 207-210. ISSN 0103-507X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-507X2012000200018.

A administração de surfactante pela cânula traqueal e ventilação mecânica é o tratamento convencional da síndrome do desconforto respiratório em prematuros. Alterações hemodinâmicas e respiratórias da intubação traqueal e pré-medicação justificam a busca por alternativas menos invasivas de administração de surfactante. O objetivo do presente estudo foi descrever o uso da máscara laríngea ProSealTM como opção para o tratamento da síndrome do desconforto respiratório em recém-nascido pré-termo com 31 semanas de gestação, 1.335 g, dificuldade respiratória após a primeira hora de vida, e quadro clínico e radiológico de síndrome do desconforto respiratório. O surfactante foi administrado pela máscara laríngea ProSealTM com 3,5 horas de vida, com boa tolerância e sem necessidade de intubação traqueal. Gasometria normal e melhora radiológica, após 3 e 6 horas. O oxigênio foi suspenso após 8 dias; alta sem comorbidades. A máscara laríngea parece ser alternativa indolor e menos invasiva de via de tratamento da síndrome do desconforto respiratório, com possibilidade de redução de intubação traqueal e ventilação mecânica. Por meio de amostra adequada, devem ser confirmadas a eficácia e as vantagens dessa via de tratamento.

Palabras llave : Máscaras laríngeas; utilização; Prematuro; Síndrome do desconforto respiratório do recém-nascido; quimioterapia; Tensoativos; administração & dosagem.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · pdf en Inglés | Portugués