SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue3Extracorporeal membrane oxygenation in acute respiratory distress syndrome due to influenza A (H1N1)pdm09 pneumonia. A single-center experience during the 2013-2014 seasonOxygen saturation and lactate concentration gradient from the right atrium to the pulmonary artery in the immediate postoperative following cardiac surgery with extracorporeal circulation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Terapia Intensiva

Print version ISSN 0103-507XOn-line version ISSN 1982-4335

Abstract

ANTONIO, Ana Carolina Peçanha et al. Comportamento dos achados de ultrassonografia pulmonar durante tentativa de respiração espontânea. Rev. bras. ter. intensiva [online]. 2017, vol.29, n.3, pp.279-286.  Epub Aug 21, 2017. ISSN 0103-507X.  https://doi.org/10.5935/0103-507x.20170038.

Objetivo:

Investigar potencial associação entre a presença de linhas B e a falha do desmame.

Métodos:

Foram inscritos 57 pacientes elegíveis para liberação da ventilação. Excluíram-se pacientes com traqueostomia. Realizou-se avaliação ultrassonográfica pulmonar de seis zonas torácicas imediatamente antes e após o final da tentativa de respiração espontânea. Definiu-se a predominância de linhas B como qualquer perfil com padrão B bilateral anterior. Os pacientes foram seguidos por 48 horas após a extubação.

Resultados:

Foram extubados com sucesso 38 pacientes; 11 tiveram falha da tentativa de respiração espontânea; e 8 necessitaram de reintubação dentro de 48 horas após extubados. No início da tentativa com peça T, já se observava padrão B ou consolidação nas regiões posterior e inferior dos pulmões em mais de metade dos indivíduos, que permaneceram não aeradas ao final da tentativa. Observou-se certa tendência à perda da aeração pulmonar durante a tentativa de respiração espontânea apenas no grupo com falha da tentativa de respiração espontânea (p = 0,07), assim como maior predominância de padrão B ao final da tentativa (p = 0,01).

Conclusão:

A perda de aeração pulmonar durante a tentativa de respiração espontânea em áreas pulmonares não dependentes foi demonstrada em pacientes que tiveram falha do desmame.

Keywords : Desmame do respirador; Respiração artificial; Ultrassonografia; Insuficiência respiratória; Edema pulmonar.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )