SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue1Constraint-induced movement therapy: reviews of clinical trials author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Fisioterapia em Movimento

Print version ISSN 0103-5150

Abstract

CASTRO, Karla Virgínia Bezerra de et al. Fisiomotricidade e limiares de dor: efeitos de um programa de exercícios na autonomia funcional de idosas osteoporóticas. Fisioter. mov. (Impr.) [online]. 2010, vol.23, n.1, pp. 161-172. ISSN 0103-5150.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502010000100016.

INTRODUÇÃO: A atividade física é importante para a manutenção da autonomia funcional do homem e crucial em idosos. Todavia, alguns fatores, como a dor, limitam a participação deles em programas de atividade física. OBJETIVO: Investigar se, em função de um programa de atividades físicas estruturado de maneira a limitar a dor, poder-se-ia garantir a aderência de idosas sofrendo de osteoporose/osteopenia e, dessa forma, promover melhoras na autonomia funcional destas. DESENVOLVIMENTO: A amostra foi composta por 30 mulheres, entre 65 e 70 anos, divididas em dois grupos definidos em função de um diagnóstico de dor. MATERIAIS E MÉTODOS: Aplicou-se um programa definido pelo termo fisiomotriz, de baixo impacto, caracterizado por lentidão nas mudanças articulares, progredindo em quatro níveis que foram distribuídos em 48 encontros. Os dados da dor e da autonomia funcional, obtidos por meio do teste de dor em escala analógica visual e do protocolo de GDLAM foram estudados por estatística descritiva e inferencial, com o índice ALFA ± 0,05. O instrumento foi uma Análise de Variância de Kruskal Wallis com índice Qui-quadrado (Chi2). RESULTADOS: Os resultados revelaram melhora da autonomia funcional e diminuição de dor relatada pelas participantes, fato que consequentemente implementou a aderência destas até ao final do programa. CONCLUSÃO: Conclui-se que o programa fisiomotriz, aplicado em idosas com osteopenia e/ou osteoporose, foi uma forma eficaz na promoção da melhora de sua autonomia funcional, que pode ser atribuída, pelo menos em parte, à diminuição de dor antes relatada pelas idosas.

Keywords : Dor; Autonomia funcional; Exercício e envelhecimento; Idoso.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese