SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue4Static stretch versus Mulligan concept: flexibility training in gymnastsComparative study of cases between neural mobilization and a muscular elongation program on chronic backache author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Fisioterapia em Movimento

Print version ISSN 0103-5150

Abstract

RIZZI, Paula Rissiani dos Santos; LEAL, Rafaela Miolo  and  VENDRUSCULO, Alecsandra Pinheiro. Efeito da hidrocinesioterapia na força muscular e na flexibilidade em idosas sedentárias. Fisioter. mov. (Impr.) [online]. 2010, vol.23, n.4, pp. 535-543. ISSN 0103-5150.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502010000400004.

INTRODUÇÃO: O envelhecimento populacional é um desafio para a saúde, e a cada ano há um aumento dessa população. Entre as alterações anatomofisiológicas características deste processo, as do sistema muscular são relevantes, ocorrendo diminuição da força muscular e da flexibilidade durante esta etapa. OBJETIVO: Analisar o efeito de um programa de hidrocinesioterapia no comportamento da força muscular e da flexibilidade em idosas sedentárias. METODOLOGIA: Participaram 23 idosas sedentárias, com independência funcional e que não realizaram cirurgia nos últimos três meses. O programa ocorreu durante oito semanas, com três sessões semanais de 55 minutos. As variáveis foram avaliadas em três momentos (Pré, Pós 1, Pós 2). Para avaliação de força foram utilizados testes musculares manuais, e para flexibilidade foi aplicado o teste de sentar e alcançar. Para comparar as médias da força, foi aplicado o teste não paramétrico de Friedman e um teste de comparações múltiplas a ele associado. O teste de Page foi aplicado para verificar se as médias dos momentos estavam em ordem crescente. RESULTADOS: Para a flexibilidade, as médias foram respectivamente 11,01 cm, 5,57 cm e 2,88 cm, o que foi significativo. Já nos dados de força, embora não se tenha obtido diferença estatisticamente significativa, os resultados obtiveram uma ordem crescente: bíceps braquial - 4,49/5,00; abdominais - 2,22/4,48; isquiotibiais - 4,35/5,00. CONCLUSÃO: O programa de hidrocinesioterapia proporcionou melhora da força muscular e da flexibilidade das idosas, confirmando que um programa de exercícios adequado associado à ação das propriedades físicas da água foi ideal para alcançar o objetivo proposto.

Keywords : Hidrocinesioterapia; Força muscular; Flexibilidade; Idosas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese