SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número4Prevalência de sobrepeso e obesidade em professores da Universidade Federal de Viçosa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Fisioterapia em Movimento

versão On-line ISSN 1980-5918

Resumo

MENDES, Marcela de Fátima Arnoni et al. Exercício físico aeróbico em mulheres com doença de Chagas. Fisioter. mov. [online]. 2011, vol.24, n.4, pp.591-601. ISSN 1980-5918.  https://doi.org/10.1590/S0103-51502011000400002.

INTRODUÇÃO: A forma cardíaca da doença de Chagas causa modificações orgânicas e funcionais, sendo o exercício físico aeróbio uma alternativa de proposta terapêutica. OBJETIVO: avaliar o exercício físico aeróbio em mulheres com doença de Chagas crônica. MATERIAIS E MÉTODOS: Quatorze mulheres com doença de Chagas na faixa etária entre 40 e 60 anos, classe I da New York Heart Association (NYHA) foram divididas em dois grupos. Sete no G1 que realizaram exercício físico, com duas sessões diárias semanais por seis semanas e sete no G2 sem tal intervenção. O efeito do exercício físico foi avaliado por 27 variáveis fisioterapêuticas e ergoespirométricas no tempo zero (T0) e após seis semanas (T6). RESULTADO: No T6 em relação ao T0 a avaliação fisioterapêutica mostrou diferenças significativas na pressão arterial sistólica, no pico do fluxo expiratório, nas pressões inspiratória e expiratória máximas e na frequência cardíaca. Na ergoespirometria houve aumento significativo no DP máximo, no MET máximo, no estágio do protocolo de Bruce, no VO2 máximo, na duração do teste e na distância percorrida para as participantes de G1 e apenas na duração do teste para G2. Para G1 foi ainda observada em T6 uma diminuição significativa do duplo produto na intensidade moderada e alta na mesma carga de esforço. CONCLUSÃO: O treinamento aeróbio de curto período, de simples aplicação e com supervisão pode ser realizado com segurança, aumentando a tolerância ao exercício em pacientes com doença de Chagas crônica classe I da NYHA.

Palavras-chave : Doença de Chagas; Exercício físico; Mulheres.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons