SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Métodos observacionais para avaliar riscos biomecânicos em trabalhadores: uma revisão sistemáticaExercícios terapêuticos para dor lombar e pélvica gestacional: uma revisão sistemática índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Fisioterapia em Movimento

versão On-line ISSN 1980-5918

Resumo

CARDOSO, Rodrigo Kohn; CAPUTO, Eduardo Lucia; ROMBALDI, Airton José  e  DEL VECCHIO, Fabrício Boscolo. Efeitos do treinamento de força no tratamento da síndrome da dor femoropatelar - uma metanálise de ensaios clínicos randomizados. Fisioter. mov. [online]. 2017, vol.30, n.2, pp.391-398. ISSN 1980-5918.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-5918.030.002.ar02.

Introdução:

A síndrome da dor femoropatelar (SDF) é uma patologia da região anterior do joelho que atinge cerca de 25% da população em algum momento da vida. Dentre os fatores causais relacionados com a SDF, destaca-se o enfraquecimento muscular.

Objetivo:

Realizar uma análise quantitativa da eficácia do exercício de força na redução da dor em portadores de SDF.

Métodos:

Foi realizada uma busca eletrônica nas bases de dados MEDLINE, Pubmed, EMBASE, Lilacs e Scielo, limitada entre o período de janeiro de 2005 e setembro de 2014. Os seguintes descritores foram usados, em língua inglesa: “patellofemoral pain syndrome”, “patellofemoral pain”, “retropatellar pain”, “exercise”, “exercise therapy”, “strength”, “rehabilitation”. Apenas ensaios clínicos randomizados que comparassem os efeitos do treinamento de força ao não exercício na redução da dor de portadores de SDF foram incluídos. A extração de dados foi realizada por dois autores de forma independente, utilizando indicadores de qualidade pré-definidos.

Resultados:

Total de 39 ECR’s foi identificado inicialmente na pesquisa. No entanto, apenas cinco estudos contemplaram os critérios de inclusão. O treinamento de força apresentou efeito positivo sobre a SDF (SMD = 0,85, IC: 0,45-1,25). Contudo, foi encontrada alta heterogeneidade entre os estudos (p < 0,05; I 2 = 68,3%).

Conclusão:

Evidenciou-se resposta estatisticamente positiva do treinamento de força no tratamento da SDF.

Palavras-chave : Joelho; Treinamento de Resistência; Patela.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )