SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31Déficits estruturais e físico-funcionais do membro inferior com fratura e tratado cirurgicamenteAptidão física e capacidade funcional em sobreviventes à sepse após a alta hospitalar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Fisioterapia em Movimento

versão On-line ISSN 1980-5918

Resumo

SACCANI, Raquel et al. Curvas de desenvolvimento motor de crianças prematuras no primeiro ano de vida segundo a Alberta Infant Motor Scale. Fisioter. mov. [online]. 2018, vol.31, e003139.  Epub 25-Out-2018. ISSN 1980-5918.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-5918.031.ao39.

Introdução:

A trajetória motora de uma criança nascida pré-termo é um importante indicador de saúde infantil, uma vez que alterações podem ser um alerta da necessidade de intervenção profissional.

Objetivo:

Descrever os percentis e as curvas do desenvolvimento motor para prematuros brasileiros no primeiro ano de idade, determinando os valores de referência para categorização do desempenho motor avaliado pela AIMS.

Métodos:

Estudo transversal no qual participaram 976 crianças prematuras, recém-nascidos até 12 meses de idade corrigida. A Alberta Infant Motor Scale (AIMS) foi utilizada na avaliação do desenvolvimento motor dos participantes. Os escores normativos da AIMS no Brasil foram utilizados como critério de comparação.

Resultados:

Crianças prematuras demonstraram escores mais baixos do que crianças nascidas a termo, indicando a necessidade das curvas de percentil específicas para esta população. Os escores se diferenciaram nos percentis P1 a P99, permitindo a categorização de crianças típicas, suspeitas e atípicas. Aos 0, 4, 8, 9, 10, 11 e 12 meses de idade, observou-se sobreposição nos percentis extremos (P1, P5 e P10; P90, P95 e P99) mas não nos demais percentis.

Conclusão:

Os percentis descritos indicam que os prematuros apresentaram desempenho motor inferior a crianças a termo e a AIMS possui poder discriminante para avaliação clínica destas crianças. As curvas de desenvolvimento demonstraram menor capacidade de diferenciação comportamental nos percentis extremos.

Palavras-chave : Avaliação; Habilidades Motoras; Desenvolvimento Infantil.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )