SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Guided bone regeneration with subperiosteal implants of PTFE and hydroxyapatite physical barriers in ratsEvaluation of shear bond strength of composite to porcelain according to surface treatment índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Brazilian Dental Journal

versão impressa ISSN 0103-6440

Resumo

OZBEKI, Murat; TULUNOGLU, Íbrahim; OZKAN, Soner  e  OKTEMER, Müjgan. Evaluation of articulation of Turkish phonemes after removable partial denture application. Braz. Dent. J. [online]. 2003, vol.14, n.2, pp. 125-131. ISSN 0103-6440.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-64402003000200010.

Nesse estudo a adaptação dos pacientes ao uso de próteses parciais removíveis foi avaliada quando relacionada a pronunciação de fonemas turcos. A pronunciação dos fonemas /t,d,n,l,r/, /g,k/, /b,p,m/ e /s,z,Õ,v,f,y,j,h,c/ foram avaliadas por três fonoaudiologos, em avaliações tomadas em indivíduos antes da inserção da prótese parcial removível, logo após sua inserção, e uma semana após. O teste constituía-se da avaliação da pronunciação de fonemas em sílabas independentes quanto a sua distorção, omissão, substituição, mass effect, hiper ou hipoanasalação. A análise estatística foi realizada com os testes de Cochrane Q, McNemar e Kruskal-Wallis. Os resultados evidenciaram que alguns fonemas apresentavam problemas com a pronunciação após a inserção da prótese parcial removível, em outras havia uma melhora. Em geral, os problemas originados da pronunciação dos fonemas avaliados pela inserção da prótese parcial removível foram resolvidos em uma semana de uso.

Palavras-chave : articulation; Turkish phonemes; removable partial denture.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês