SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue1Bacteriostatic effect of copaiba oil (Copaifera officinalis) against Streptococcus mutansFluoride concentration in the top-selling Brazilian toothpastes purchased at different regions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Dental Journal

Print version ISSN 0103-6440

Abstract

MOURA, Camilla Christian Gomes et al. Cytotoxicity of bovine and porcine collagen membranes in mononuclear cells. Braz. Dent. J. [online]. 2012, vol.23, n.1, pp. 39-44. ISSN 0103-6440.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-64402012000100007.

Neste estudo foi comparada a citoxicidade e a liberação de nitrito induzidos por membranas de colágeno bovino e suíno em células mononucleares humanas. Foram coletados sangue periférico de cada paciente, e realizada separação de mononucleares por gradiente de Ficoll. Um total de 2x105 células foram plaqueadas em placas de cultura de 48 poços sob as membranas, em triplicata. O poço sem membrana serviu como controle negativo. A viabilidade celular foi avaliada medindo a atividade mitocondrial (MTT) em 4,12 e 24 h, com dosagens dos níveis de nitrito pelo método de Griess nos mesmos períodos. As amostras não apresentaram distribuição normal, sendo realizado o teste de Kruskal-Wallis (p<0,05). Foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre as membranas e o controle nos período analisados (p<0,05), embora tenha ocorrido redução da viabilidade em função do tempo (p<0,01). Em 4 e 12 h a membrana suína induziu maior liberação de nitrito comparado ao controle e à membrana bovina, respectivamente (p<0,01). Tal diferença foi mantida em 24 h (p<0,05). Este estudo in vitro demonstrou que a membrana colágena suína induz uma maior produção de mediador pró-inflamatório pelas células mononucleares nas primeiras horas de contato, diminuindo com o tempo.

Keywords : cell cytotoxicity; collagen membranes; nitric oxide.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English