SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue2Effect of Self-Etching Primer Associated to Hydrofluoric acid or Silane on Bonding to Lithium DisilicateGlomus Tumor of the Oral Cavity: Report of a Rare Case and Literature Review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Dental Journal

Print version ISSN 0103-6440On-line version ISSN 1806-4760

Abstract

MARIANO, Natalia Cristina Reinaldo et al. Orofacial Dysfunction In Cleft And Non-Cleft Patients Using Nordic Orofacial Test - A Screening Study. Braz. Dent. J. [online]. 2019, vol.30, n.2, pp.179-184.  Epub Apr 04, 2019. ISSN 0103-6440.  http://dx.doi.org/10.1590/0103-6440201902376.

A fissura de lábio, alvéolo e palato é uma malformação congênita causada pela falta de fusão dos processos embrionários labial e palatino, que podem comprometer as principais funções do sistema estomatognático. Utilizando o Nordic Orofacial Test - Screening (NOT-S), este estudo transversal observacional, objetivou avaliar a presença da disfunção orofacial nos indivíduos com fissura de lábio, alvéolo e palato em relação a indivíduos sem fissura ou anomalia craniofacial. Cento e vinte indivíduos entre 32 e 65 anos de idade foram selecionados e divididos em dois grupos: pacientes sem fissura labiopalatina (N-CLAP) e pacientes com fissura de lábio, alvéolo e palato (CLAP). Os dois grupos foram combinados por gênero. Cada indivíduo foi entrevistado e submetido a uma avaliação clínica durante a qual o NOT-S foi utilizado para avaliar a disfunção orofacial. O teste de Mann-Whitney comparou desempenho no NOT-S entre os grupos. O teste Qui-Square comparou os domínios NOT-S entre os grupos. A concordância intra-examinador foi K=0,75. Uma comparação dos escores de NOT-S entre os grupos revelou diferenças estatisticamente significativas no gênero (p<0,001), mas não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas na comparação de gênero intragrupo. A avaliação dos domínios de NOT-S entre os grupos N-CLAP e CLAP apresentou diferenças estatisticamente significativas nos domínios II (p=0,021), IV (p<0,001) e VI (p=0,002) da entrevista e diferenças significativas em todos os domínios do exame clínico (p<0,001). Indivíduos com CLAP apresentaram maior presença de disfunção orofacial do que os indivíduos sem fissura labioapalatina, conforme avaliado pelo NOT-S.

Keywords : cleft palate; craniofacial anomalies; mastication; orofacial cleft(s); swallowing.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )