SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue2Glomus Tumor of the Oral Cavity: Report of a Rare Case and Literature Review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Dental Journal

Print version ISSN 0103-6440On-line version ISSN 1806-4760

Abstract

ANDRADE, Sérgio Araújo et al. Hairy Tongue: Differential Diagnosis by Use of Widefield Optical Fluorescence. Braz. Dent. J. [online]. 2019, vol.30, n.2, pp.191-196.  Epub Apr 04, 2019. ISSN 0103-6440.  http://dx.doi.org/10.1590/0103-6440201902270.

A língua pilosa é uma patologia benigna, caracterizada clinicamente por placas hiperqueratinizadas na face dorsal da língua, semelhante a pelos, cuja coloração varia de despigmentada, esbranquiçada, amarelada, verde, acastanhada a preta. O diagnóstico é clínico, e em casos de placas esbranquiçadas, pode ser difícil diferenciar entre leucoplasia pilosa oral, leucoplasia potencialmente maligna ou carcinoma de células escamosas. Assim, o exame complementar de fluorescência óptica de campo amplo pode permitir uma melhor visualização do padrão local de hiperqueratinização semelhante à pelos, os quais são característicos de língua pilosa, facilitando o diagnóstico. Neste trabalho, um paciente do sexo masculino, 57 anos, foi encaminhado ao Departamento de Odontologia da Secretaria de Saúde de Divinópolis (Minas Gerais) por um clínico geral, visando o diagnóstico de uma possível lesão maligna na face dorsal da língua. O exame complementar por fluorescência óptica de campo amplo foi realizado. Para isso, foi empregado um dispositivo com diodo emissor de luz de alta potência, com luz centrada em um comprimento de onda de (400±10) nm e irradiância máxima de (0,04 ±0,008) W/cm2 para visualização de fluorescência. As imagens de fluorescência mostraram projeções de aparência semelhante à pelos na superfície dorsal da língua, sem aspectos de malignidade. A aparência similar à pelos é a principal característica da língua pilosa. Dessa maneira, o diagnóstico final foi estabelecido. Em conclusão, neste caso, o uso da fluorescência óptica de campo amplo permitiu um diagnóstico diferencial, sem a necessidade de uma biópsia incisional.

Keywords : hairy tongue; differential diagnosis; fluorescence image.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )