SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número1Análise de políticas públicas, subjetividade e poder: matrizes e intersecções teóricas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia USP

versão impressa ISSN 0103-6564

Resumo

MANDELBAUM, Belinda. Sobre o campo da Psicologia Social. Psicol. USP [online]. 2012, vol.23, n.1, pp. 15-43. ISSN 0103-6564.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-65642012000100002.

O campo da Psicologia Social é apresentado como território fértil, na contemporaneidade, para constituir-se como um laboratório para a produção em Ciências Humanas, uma vez que, no século XX, cada vez mais o social foi em direção ao psicológico. Neste campo, nosso embate dá-se no modo como entendemos o hífen pressuposto na integração psicossocial. A autora propõe que, entre o psicológico e o social, o hífen domina, pois ele é a própria essência relacional que é inerente a cada um dos elementos. Sugere que o modelo para entender o homem e suas circunstâncias proposto por Freud imbrica de forma indissociável o psicológico e o social, a ontogênese e a filogênese, com uma potência que teve impacto sobre todo o campo das Ciências Humanas. A Psicanálise é um instrumento hermenêutico para colaborar na elucidação dos fenômenos sociais. A autora utiliza imagens construídas por Freud e Walter Benjamin e poemas de Carlos Drummond de Andrade para fortalecer o entendimento do hífen psicossocial tanto em sua ação multidimensional quanto em sua organização.

Palavras-chave : Psicologia Social; Psicanálise; Memória; Reparação.

        · resumo em Inglês | Francês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português