SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número1A Economia da FamíliaO rap radical e a "nova classe média" índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Psicologia USP

versão impressa ISSN 0103-6564

Resumo

ALMEIDA, Heloisa Buarque de. "Classe média" para a indústria cultural. Psicol. USP [online]. 2015, vol.26, n.1, pp.27-36. ISSN 0103-6564.  https://doi.org/10.1590/0103-6564D20140009.

Este artigo retoma pesquisas anteriores para refletir sobre a noção de "classe média" no meio publicitário e de marketing, noção muito usada para definir a audiência da televisão, mídia de grande repercussão nacional. O período dos anos 1970 a 2000, pesquisado anteriormente, auxilia a compreensão de como se formou o mercado consumidor nacional e o que tem sido propagado pela imprensa escrita como uma mudança social (uma ampliação e formação de uma nova classe média), mas sugiro que a "nova classe C" representa apenas a ampliação do consumo de bens industrializados. Para tanto, recorro a pesquisas anteriores feitas sobre o mercado anunciante de TV, o meio publicitário e de marketing, e a lógica da pesquisa de audiência de TV, como feita pelo Ibope.

Palavras-chave : televisão; consumo; classe média; publicidade.

        · resumo em Inglês | Francês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )