SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número3Experimentar, devir, contagiar: o que pode um corpo? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pro-Posições

versão On-line ISSN 1980-6248

Resumo

ABRAMOWICZ, Anete; LEVCOVITZ, Diana  e  RODRIGUES, Tatiane Cosentino. Infâncias em Educação Infantil. Pro-Posições [online]. 2009, vol.20, n.3, pp.179-197. ISSN 1980-6248.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-73072009000300012.

Este artigo, por sua natureza teórica, trabalha com noções tais como infâncias, crianças, multidão e experiência, no intuito de pensar uma educação cujas práticas educativas possibilitem o exercício da infância. O artigo refaz um caminho no qual a infância e a criança são percebidas "em sua dimensão singular", de modo a recuperar, no fim do percurso, o caráter plural que as noções de criança e infância encerram. O referencial teórico parte de Deleuze, Guattari, Agamben, entre outros autores, e busca colocar a infância numa temporalidade múltipla, em detrimento da temporalidade fundada em visões da história e da psicologia, que privilegiam etapas e sucessões cronológicas. Ao afirmarmos a infância como atravessada pela experiência, pela inventividade e pelo desarazoamento, propomos pensar uma educação na direção da multidão.

Palavras-chave : Educação Infantil; infâncias; multidão; experiência; diferença.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons