SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número1Curriculum and school knowledge: ambiguities, doubts and conflicts índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Pro-Posições

versión impresa ISSN 0103-7307

Resumen

QVORTRUP, Jens. Nove teses sobre a "infância como um fenômeno social". Pro-Posições [online]. 2011, vol.22, n.1, pp. 199-211. ISSN 0103-7307.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-73072011000100015.

O artigo apresenta teses que sustentam que as crianças são parte da sociedade e do mundo e que é possível e necessário conectar a infância às forças estruturais maiores, ampliando as condições para a pesquisa sociológica dessa categoria social. Argumenta, a partir de eventos e estudos que tendem a excluir as crianças de suas análises, que o foco no desenvolvimento infantil e na socialização tradicional dificultou o reconhecimento da infância como fenômeno social. Como conclusão, indica a necessidade de uma abordagem interdisciplinar para estabelecer relações entre a infância, como categoria, e as crianças, em suas vivências cotidianas; e para prover um quadro positivo ou negativo das condições de vida das crianças em geral, com vistas a compreendê-las como cidadãs.

Palabras llave : infância; sociedade; estrutura social; pesquisa; sociologia.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués