SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue2Considerations on autonomy and health promotionThe importance of costing and valuation methods in economic evaluations in health: impact on the results of evaluation of meningococcal C vaccine author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Physis: Revista de Saúde Coletiva

Print version ISSN 0103-7331

Abstract

DAL POZ, Mario Roberto; LIMA, José Carlos de Souza  and  PERAZZI, Sara. Força de trabalho em saúde mental no Brasil: os desafios da reforma psiquiátrica. Physis [online]. 2012, vol.22, n.2, pp. 621-639. ISSN 0103-7331.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-73312012000200012.

O artigo analisa a formação de recursos humanos em saúde mental em uma conjuntura de mudança do modelo assistencial no Brasil, um dos países que mais rapidamente vêm adotando um modelo de atenção comunitária em substituição ao modelo asilar. Os autores argumentam que a preparação dos recursos humanos é um dos pontos mais frágeis no processo de mudança do modelo de atenção à saúde mental no Brasil, apesar de esta dificuldade não ser exclusivamente da área de saúde mental, mas de toda a Reforma Sanitária Brasileira. Segundo os autores, o desafio é planejar de maneira articulada à formação profissional e à política assistencial, articulando saúde e educação. A sustentabilidade da nova política assistencial no longo prazo requer a elaboração de políticas adequadas para os recursos humanos, bem como o enfrentamento da desigualdade distributiva da força de trabalho.

Keywords : recursos humanos em saúde; saúde mental; formação de recursos humanos em saúde; reforma sanitária; reforma psiquiátrica; Brasil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese