SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número3DIAGNÓSTICO DE Anaplasma marginale UTILIZANDO-SE SANGUE COAGULADO PARA A DETERMINAÇÃO DA PARASITEMIAAVALIAÇÃO DA DISPONIBILIDADE E DA QUALIDADE DE UMA PASTAGEM NATURAL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478

Resumo

LUZ, Inês Nicoloso Castro da; CORTE, Flávio Desessards De La; ALDA, Joaquin Lopez de  e  SILVA, Carlos Antonio Mondino. AVALIAÇÃO DA VARIAÇÃO DE IMUNOGLOBULINA SÉRICA APÓS PLASMOTERAPIA EM POTROS PURO SANGUE DE CORRIDA. Cienc. Rural [online]. 1991, vol.21, n.3, pp.415-420. ISSN 0103-8478.  https://doi.org/10.1590/S0103-84781991000300009.

Cinqüenta éguas Puro Sangue de Corrida (PSC) e seus produtos foram utilizados como material deste trabalho. Verificou-se os níveis de imunoglobulinas (Ig) séricas dos produtos antes e após a aplicação de plasma pelo teste da turvação pelo sulfato de zinco (TSZ) avaliado no espectrofotômetro ou visualmente, pelas proteínas totais e pela eletroforese. Os potros foram tratados com plasma endovenoso, porém, o volume máximo utilizado (2000ml) não aumentou significativamente os níveis de Ig. A elevação obtida foi compatível com o volume aplicado.

Palavras-chave : potro recém-nascido; plasmoterapia; munodeficiência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons