SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue1Photosensitization and crystal associated cholangiopathy in sheep grazing Brachiaria decumbensViability of trichostrongylid nematode eggs after aerobic fermentation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

MARTINS, João Ricardo; CORREA, Bartolomeu Lima  and  CERESER, Victor Hermes. Estudo comparativo entre as provas de ELISA e imunofluorescência indireta (IFI) para detectar anticorpos contra Babesia bovis. Cienc. Rural [online]. 1996, vol.26, n.1, pp. 115-118. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84781996000100021.

Comparou-se o desempenho de um kit de ELISA para detectar anticorpos contra Babesia bovis, em hemoparasita bovino, com o teste de Imunofluorescência Indireta (IFI) usualmente empregado em rotina sorológica. Sobre 97 amostras de soros oriundas de uma região livre de carrapatos e hematozoários, o teste de ELISA demonstrou uma especificidade de 98.9% contra 97.9% do teste de IFI. Ambos os testes apresentaram uma sensibilidade de 100% quando utilizados sobre 22 amostras de soro de bovinos experimentalmente infectados com B. bovis. Os resultados obtidos sobre 1560 amostras colhidas à campo, mostraram uma concordância de 90,1% (1406/1560) entre amostras positivas e negativas, enquanto que 4,2% (66) foram positivas para IFI e negativas para ELISA e 5,6% (88) foram negativas para IFI e positivas para ELISA.

Keywords : sorologia; Babesia bovis; ELISA; IFI.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese