SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue2Acrossomal abnormalities and fertility in a stallion: a case reportCereal genetic transformation via Agrobacterium tumefaciens author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

VIDAL, Ribas Antonio  and  BAUMAN, Thomas Trost. Destino de aleloquímicos no solo. Cienc. Rural [online]. 1997, vol.27, n.2, pp. 351-357. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84781997000200032.

Aleloquímicos são compostos liberados por plantas ou seus resíduos e que podem ter efeito negativo ou positivo em outra planta. A importância da alelopatia foi estudada intensamente nas últimas três décadas, sendo que a maioria dos trabalhos abordou a extração e identificação dos compostos e, demonstração de seus efeitos em experimentos realizados em placas de petri. Estes químicos interagem no ambiente assim como os herbicidas e estão sujeitos aos processos de degradação por decomposição microbiana, fotólise e oxidação e, processos de remoção ou transferência como volatilização e adsorção. O objetivo desta revisão de literatura foi estudar o destino de aleloquímicos no ambiente para auxiliar na definição de estratégias para aumentar sua atividade. A atividade dos aleloquímicos é limitada pelo tempo (devido a liberação lenta do material doador) e pelo espaço (devido à interação com o ambiente). Demonstrações de alelopatia devem incluir o destino no ambiente do composto envolvido, apresentando estudos de processos de degradação e remoção.

Keywords : adsorção; alelopatia; fotólise; interferência entre plantas; oxidação; volatilização.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English