SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número3Emprego do antiinflamatório não esteróide ketoprofeno na analgesia preemptiva em cãesPrevalência da infecção pelo vírus da artrite encefalite caprina no estado do Ceará, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478

Resumo

CAVASSANI, Marluce Macedo; MORAES, Julieta Rodini Engrácia de  e  PADILHA FILHO, João Guilherme. Função osteoindutora de fragmentos ósseos conservados em glicerina a 98%: estudo experimental em ratos. Cienc. Rural [online]. 2001, vol.31, n.3, pp. 445-448. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782001000300013.

O objetivo do presente trabalho foi o de avaliar a função osteoindutora atribuída aos fragmentos ósseos conservados em glicerina a 98%, por trinta dias, à temperatura ambiente. Esses fragmentos foram obtidos de fêmures e tíbias de ratos doadores. O implante desta matriz óssea foi realizado no tecido subcutâneo e intramuscular de ratos receptores. Análise histopatológica foi realizada no 30o, 60o e 90o dia após o implante. Aos 30 dias, notou-se resposta osteogênica positiva, inclusive com mielogênese, que aos 60 e 90 dias foram efetivamente concluídas. Nesses períodos, observou-se a presença de fragmentos de matriz óssea calcificada, sugerindo que fossem tecido ósseo neoformado a partir da atividade osteoblástica observada aos 30 dias. Diante desses resultados, concluiu-se que a glicerina é um bom meio para conservação de fragmentos ósseos para uso em enxertos, uma vez que a função osteoindutora foi preservada.

Palavras-chave : osteoindução; glicerina; enxerto ósseo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português