SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue3Insect phitophagous and predators incidence on maize and bean cultivated in exclusive and intercropped systemsSoybean yield response to plant arrangement author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

FERRI, Miguel Vicente Weiss  and  VIDAL, Ribas Antonio. Persistência do herbicida Acetochlor em função de sistemas de preparo e cobertura com palha. Cienc. Rural [online]. 2003, vol.33, n.3, pp. 399-404. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782003000300002.

Diferentes sistemas de manejo do solo alteram a persistência dos herbicidas e influem na atividade biológica, potencial de injúria às culturas em sucessão e risco de contaminação ambiental. O experimento foi conduzido, no ano agrícola de 2000/2001, na Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com o objetivo de avaliar a persistência do herbicida acetochlor em Argissolo Vermelho manejado sob o sistema de semeadura direta e preparo convencional na presença e ausência de palha. A dose utilizada do herbicida foi de 5040 g ha-1. A persistência foi avaliada através de bioensaio utilizando-se o trigo (Triticum aestivum L.) como planta teste. Foi avaliada a altura da parte aérea das plantas de trigo. A meia vida (t1/2) do herbicida no solo foi de 29 e 30 dias na presença e de 18 e 16 dias na ausência de palha nos solos conduzidos sob semeadura convencional e direta, respectivamente. A palha, na superfície do solo, aumentou a persistência do herbicida acetochlor no solo.

Keywords : bioensaio; semeadura direta; semeadura convencional.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese