SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue5Bacillus thuringiensis genes: an approach to confer insect resistance to plantsThe flower induction and evocation period in Citrus sinensis (L.) Osbeck cv. Pêra Rio author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

KIILL, Lúcia Helena Piedade  and  COSTA, João Gomes da. Biologia floral e sistema de reprodução de Annona squamosa L. (Annonaceae) na região de Petrolina-PE. Cienc. Rural [online]. 2003, vol.33, n.5, pp. 851-856. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782003000500009.

Aspectos da biologia da polinização e do sistema de reprodução de Annona squamosa L. foram estudados em Petrolina-PE, nordeste do Brasil, no período de junho de 1999 a fevereiro de 2000, entre 6:00 e 18:00h. As flores de A. squamosa são hermafroditas, axilares, com cálice e corola carnosos, formando uma câmara floral, que funciona como abrigo, fonte alimentar e/ou local de acasalamento para os visitantes florais. As flores apresentam características da síndrome de cantarofilia, tais como pétalas carnosas, de coloração clara e emissão de odores fortes e desagradáveis. A antese é crepuscular, iniciando por volta das 17 horas e a duração das flores é de aproximadamente dois dias. As flores se apresentam em fase feminina nas primeiras 20 horas e em fase masculina nas 20 horas seguintes, caracterizando a dicogamia. Carpophilus hemipterus, Carpophilus sp e Haptoncus ochraceus (Nitidulidae) são os principais visitantes, sendo considerados como polinizadores desta anonácea. A espécie é autocompatível, contudo, os testes de germinação indicam que as sementes obtidas por polinização cruzada apresentam maior viabilidade do que as resultantes de geitonogamia.

Keywords : Annona squamosa; Carpophilus hemipterus; Carpophilus sp; Haptoncus ochraceus Annonaceae; pinha; polinização; cantarofilia; besouros nitidulideos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese