SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue4Polyamines contents in some foods from Brazilian population basic dietColeoptera larvae in araucaria ecosystems in the State Park in Campos do Jordão, SP, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

GUEDES, Jerson Vanderlei Carús et al. Capacidade de coleta de dois métodos de amostragem de insetos-praga da soja em diferentes espaçamentos entre linhas. Cienc. Rural [online]. 2006, vol.36, n.4, pp. 1299-1302. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782006000400040.

A amostragem é um dos procedimentos básicos indispensáveis ao manejo integrado de pragas. Neste experimento, comparou-se a capacidade de coleta de dois métodos de amostragem da lagarta-da-soja (Anticarsia gemmatalis Hueb., 1818) e do percevejo-verde-pequeno (Piezodorus guildinii Westw., 1837) na cultura da soja semeada em três espaçamentos entre linhas (0,30; 0,40 e 0,50m). Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições (amostragens), em esquema fatorial 2x3; utilizaram-se dois métodos de amostragem (pano-de-batida e pano-vertical) e três espaçamentos entre linhas. A população de lagarta-da-soja e de percevejo-verde-pequeno foi avaliada nos estádios V8 e R6, respectivamente. Para lagartas, os resultados indicam maior eficiência do pano-vertical em relação pano-de-batida. Nos menores espaçamentos, o pano-vertical não deixou clara sua maior capacidade de coleta de percevejos, como observado para lagartas. Estes resultados demonstram que são necessárias pesquisas visando a aprofundar a avaliação dos métodos de amostragens de pragas da soja cultivada em diferentes espaçamentos.

Keywords : MIP; pano-vertical; pano-de-batida; Anticarsia gemmatalis; Piezodorus guildinii.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese