SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue3Hemodyinamic effects of several inspired oxygen fractions in spontaneously breathing dogs submitted to continuous infusion of propofolGoat's milk quality by coliform's and staphylococci counting author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478On-line version ISSN 1678-4596

Abstract

PELIZZARI, Charles et al. Estimulação elétrica neuromuscular de média freqüência (russa) em cães com atrofia muscular induzida. Cienc. Rural [online]. 2008, vol.38, n.3, pp.736-742. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782008000300022.

A estimulação elétrica neuromuscular (EENM) de média freqüência (Russa) ou de Kotz pode ser empregada para a recuperação de massa muscular em animais apresentando atrofia muscular por desuso. Assim, o objetivo deste trabalho foi empregar a EENM de média freqüência no quadríceps femoral de cães com atrofia muscular induzida, avaliando-se a ocorrência de ganho de massa. Foram utilizados oito cães em dois grupos denominados de GI ou controle e de GII ou tratado. Para a indução da atrofia muscular, a articulação fêmoro-tíbio-patelar esquerda foi imobilizada por 30 dias. Após 48 horas da remoção, foi realizada a EENM nos cães do grupo II, três vezes por semana, com intervalo de 48 horas cada sessão, pelo período de 60 dias. Foram avaliadas a mensuração da perimetria da coxa, da goniometria do joelho, as enzimas creatina-quinase (CK) e morfometria das fibras musculares em cortes transversais do músculo vasto lateral, colhido mediante a biópsia muscular. A EENM foi empregada no músculo quadríceps femoral numa freqüência de 2.500Hz, largura de pulso de 50% e relação de tempo on/off de 1:2. Não houve diferença significativa quanto aos valores de perimetria da coxa e a atividade da enzima CK entre os grupos I e II. Na goniometria, houve diminuição significativa (P<0,05) da amplitude articular após a remoção do aparelho de fixação externa somente nos animais do grupo II, em comparação a com tempo zero. Quanto à morfometria das fibras do músculo vasto lateral, foram notados valores maiores de área das fibras no grupo Tratado, em relação ao Controle (P<0,05), no dia 90, e, no grupo Tratado, entre os dias zero e 90. A EENM de média freqüência ocasiona hipertrofia do músculo vasto lateral em cães após a atrofia muscular induzida.

Keywords : Corrente de Kotz; EENM; morfometria; cão.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License