SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue6Enteropathogenic bacterial agents in pigs of different age groups and profile of resistance in strains of Escherichia coli and Salmonella spp. to antimicrobial agentsAcaricids efficacy analysis on Boophilus microplus tick, in the last decade in the southern of Rio Grande do Sul author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

SOUZA, Celso Eduardo de et al. Identificação sorológica de Rickettsia spp do grupo da febre maculosa em capivaras na região de Campinas, SP, Brasil. Cienc. Rural [online]. 2008, vol.38, n.6, pp. 1694-1699. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782008000600031.

Doenças transmitidas por carrapatos vêm sendo um importante problema de saúde pública no mundo. A Febre Maculosa Brasileira (FMB) representa um sério risco epidemiológico devido às altas taxas de letalidade apresentadas. As capivaras são freqüentemente incriminadas como possíveis reservatórios no ciclo de transmissão da FMB. Nas últimas décadas o número desses animais cresceu intensamente e eles invadiram os espaços humanos. As capivaras intensificam o contato entre carrapatos e seres humanos na medida em que se apresentam muito infestadas por estes parasitos. O objetivo deste estudo é contribuir para o conhecimento do possível papel desempenhado por este roedor na epidemiologia da FMB em algumas áreas da região de Campinas, SP. Foi estudada a infecção das capivaras por rickettsias do grupo da FMB, por meio da análise das freqüências de anticorpos contra este grupo, nestes animais, e dados da vigilância epidemiológica de casos humanos. A freqüência desses anticorpos variou amplamente entre as localidades, entretanto, só foram encontrados soros com anticorpos com titulagem =64 naquelas onde havia notificação de casos humanos. Estes achados sugerem que a capivara poderá ser um animal sentinela. No entanto, devido à ocorrência de reação cruzada entre os microorganismos do grupo de FM estes resultados devem ser interpretados com cautela e são necessários métodos capazes de distinguir rickettsias patogênicas.

Keywords : Rickettsia; Amblyomma; Hydrochoerus hydrochaeris; Capivara; Febre Maculosa.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English