SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue8Fasting time at farm on hormonal status and physiological parameters of heavy-weight slaughter pigsFolicular development of chicken broiler embryos of different genotypes, exposed to chronic thermal stress author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Rural

On-line version ISSN 1678-4596

Abstract

DALLA COSTA, Osmar Antonio et al. Desempenho, características de carcaça, qualidade da carne e condição sanitária de suínos criados nas fases de crescimento e terminação nos sistemas confinado convencional e de cama sobreposta. Cienc. Rural [online]. 2008, vol.38, n.8, pp.2307-2313. ISSN 1678-4596.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782008000800033.

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do sistema de alojamento sobre o desempenho zootécnico, as características da carcaça, a qualidade da carne e a condição sanitária de suínos criados em seis diferentes sistemas. Foram usados 803 suínos mestiços MS58 x (Landrace x Large White) em sete lotes seqüenciais no tempo, avaliando as fases de creche e de crescimento-terminação. Na creche, foram avaliados três tipos de alojamento: confinado convencional (CO); cama sobreposta-(CS); e sistema intensivo de suínos criados ao ar livre (SISCAL). No crescimento-terminação, foram avaliados apenas dois tipos de alojamento (CO e CS), sendo o último subdividido em três substratos (palha de trigo-PT, casca de arroz-CA e serragem-SE). Para a análise estatística foi considerado no modelo os efeitos de lote, o tratamento (combinação de tipos de alojamento na creche e no crescimento-terminação), idade dos suínos (84, 105, 126, 147 e 160 dias) e a interação tratamento x idade. Suínos alojados no sistema CO apresentaram maior (P<0,05) ganho de peso diário (824 vs. 779g), maior peso de carcaça quente (75 vs. 69kg) e maior espessura de toucinho (18, vs. 17mm) do que os criados sobre cama todavia estes suínos apresentaram peso do conteúdo estomacal significativamente (P<0,05) maior (360 vs. 204g) e menor grau de lesão do estômago do que aqueles alojados em tratamento convencional, embora com maior prevalência de espirro. O sistema de alojamento não afetou os aspectos sanitários avaliados, contudo, suínos alojados em cama sobreposta no crescimento-terminação apresentaram desempenho e características de carcaça inferiores àqueles do sistema convencional, independentemente do sistema de alojamento utilizado na creche.

Keywords : cama sobreposta; características de carcaça; desempenho; qualidade da carne; sanidade; SISCAL; alojamento.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License