SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue9Mortality rate during anesthesia: retrospective study (1996-2006)Seed treatment with rhizobacteria the onion production author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

LOURES, Fabricia Hallack  and  CONCEICAO, Lissandro Gonçalves. Nevus e hamartomas cutâneos em cães: estudo retrospectivo clínico e epidemiológico de 81 casos. Cienc. Rural [online]. 2009, vol.39, n.9, pp. 2527-2532. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782009000900022.

As lesões névicas foram diagnosticadas em 81 casos, em um período de oito anos. O Hamartoma fibroanexial (HF) ocorreu em 53 animais (65,43%) e caracterizou-se clinicamente por lesões nodulares, geralmente firmes, localizadas predominantemente nos membros e dígitos. Não houve predileção sexual. Os animais mestiços e os das raças Boxer e Cocker Spaniel foram os mais acometidos pelo HF. A idade média de aparecimento das lesões foi de 6,3 anos. O nevo colágeno foi a segunda lesão mais prevalente, ocorrendo em 18 cães (22,2%). As lesões foram, em geral, únicas, alopécicas e hiperpigmentadas, localizadas em sua maioria no tronco, no dorso e nos membros. A idade média de aparecimento das lesões foi de 4,7 anos. Os animais mestiços e os das raças Rottweiler e Labrador Retriever foram os mais acometidos. Em um dos cães, diagnosticou-se dermatofibrose nodular, onde foram observados múltiplos nevos colágenos em associação com cistadenoma renal papilar unilateral. Os demais tipos de nevos (sebáceo, folículo-apócrino, folicular e fibrolipomatoso) ocorreram com menor frequência (10 casos - 12,3%) dos casos.

Keywords : nevo; hamartoma; cão; dermatose.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English