SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 issue5In vitro propagation of Erythrina velutinaDegranulation of neutrophils ex-vivo by the action of polymer cassava's starch author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

VIVIAN, Magnos Alan et al. Propriedades físico-mecânicas da madeira de canafístula aos 10 anos de idade. Cienc. Rural [online]. 2010, vol.40, n.5, pp. 1097-1102.  Epub June 07, 2010. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782010005000086.

A presente pesquisa objetivou caracterizar as propriedades físico-mecânicas da madeira de canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.) Taub.) proveniente de árvores com 10 anos, por meio da determinação da massa específica básica, da retratibilidade, do módulo de elasticidade e do módulo de ruptura em flexão estática, do módulo de elasticidade em compressão perpendicular, da resistência máxima à compressão paralela à grã, da dureza de Janka, da resistência máxima ao cisalhamento e da resistência ao choque. A determinação da massa específica básica e da retratibilidade seguiu as normas COPANT 30:1-004 (1971) e 30:1-005 (1971), respectivamente, e os ensaios mecânicos seguiram as normas ASTM D 143-94 (2000) e NF B 51-009 (1942). A massa específica básica e o coeficiente de anisotropia encontrado para a espécie permitiram classificar sua madeira como leve e medianamente estável, respectivamente; já os valores médios das propriedades mecânicas encontradas definem a madeira como de resistência fraca a média. As características tecnológicas determinadas indicam que sua madeira, quando proveniente de plantios jovens, deve ser utilizada com cautela em situações que exijam elevada estabilidade dimensional e resistência mecânica, sendo, portanto, aconselhável seu corte em idades mais avançadas.

Keywords : massa específica básica; retratibilidade; resistência mecânica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese