SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue10Antiviral activity of propolis extracts against feline calicivirus, canine adenovirus 2, and bovine viral diarrhea virusAcaricide activity in vitro of Glechon spathulata Benth. On engorged females of Rhipcephalus (Boophilus) microplus author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

ROCHA, Marcos Fábio Gadelha et al. Extratos de Moringa oleifera e Vernonia sp. sobre Candida albicans e Microsporum canis isolados de cães e gatos e análise da toxicidade em Artemia sp.. Cienc. Rural [online]. 2011, vol.41, n.10, pp.1807-1812. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782011001000022.

O aumento da incidência das infecções fúngicas, bem como o registro crescente de resistência e falha terapêutica, têm impulsionado a realização de estudos de prospecção de fitoquímicos com propriedades antifúngicas. Diante do exposto, o presente estudo investigou o potencial antifúngico de extratos de Baccharis ligustrina, B. schultzii, Croton jacobinensis, Licania rigida, Moringa oleifera, Vernonia sp. e V. brasiliana, e de óleos essenciais de Lippia alba (Quimiotipos 1, 2, 3 e 4) e Ocimum gratissimum. Inicialmente, foi realizada uma avaliação qualitativa da atividade antifúngica de cada amostra por meio do método de difusão em ágar, frente a cepas de Candida albicans e Microsporum canis, mostrando que apenas os extratos de M. oleifera (MLF-C) e Vernonia sp. (TVS-H) apresentaram atividade frente a C. albicans e M. canis, com halos de inibição =10mm. Também foram determinadas a concentração inibitória mínima (CIM), frente a 12 cepas de C. albicans e M. canis, e a toxicidade aguda de MLF-C e TVS-H, através de protocolos do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) e ensaio com Artemia sp., respectivamente. A CIM (80%) de MLF-C e TVS-H variou de 0,156 a 2,5mg mL-1 frente C. albicans e de 0,039 a 1,25 e 0,039 a 0,625mg mL-1 para M. canis, respectivamente. A CIM (100%) de MLF-C e TVS-H variou de 0,625 a 2,5mg mL-1 frente C. albicans é de 0,039 a 2,5 e 0,078 a 1,25mg mL-1 para M. canis, respectivamente. As doses letais (DL50) para o MLF-C e TVS-H foram de 201,09 e 204,17mg mL-1, respectivamente, sendo, portanto, demonstrada a baixa toxicidade desses extratos. Os extratos de M. oileifera e Vernonia sp. apresentaram atividade antifúngica frente cepas de C. albicans e M. canis, abrindo a perspectiva de estudos para caracterização dos seus componentes bioativos.

Keywords : Atividade antifúngica; extratos vegetais; Moringa oleifera, Vernonia sp.; Candida albicans; Microsporum canis.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )     · press release in English | Portuguese

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License