SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número3Toxicological aspects and occurrence of polychlorinated biphenyls in foodNew positioning strategies for fidelization of child consumers of processed food índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Ciência Rural

versión impresa ISSN 0103-8478

Resumen

VIEIRA, Juliana Paulino et al. Caracterização do processo de rigor mortis do músculo Ilio-ischiocaudalis de jacaré-do-pantanal (Caiman crocodilus yacare) e maciez da carne. Cienc. Rural [online]. 2012, vol.42, n.3, pp. 567-572. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782012000300029.

Este trabalho utilizou seis carcaças de jacaré-do-pantanal (Caiman crocodilus yacare) com o objetivo de caracterizar o processo de rigor mortis do músculo Ílio-ischiocaudalis durante o resfriamento industrial e avaliar a maciez dessa carne. Os jacarés foram escolhidos aleatoriamente e abatidos na Cooperativa de Criadores do Jacaré do Pantanal (COOCRIJAPAN), Cáceres, Mato Grosso. Após a sangria, aferiu-se as variações das temperaturas da câmara de resfriamento, das carcaças e o pH. Foram colhidas amostras para determinação do comprimento de sarcômero, da força de cisalhamento e perdas por cozimento em diferentes intervalos de tempo (0,5, 3, 5, 7, 10, 12, 15, 24 e 36h). A temperatura da câmara de resfriamento variou de 2,6°C (0,5h) a 0,9°C (36h) e a temperatura média das carcaças variou de 21,0°C a 4,2°C, respectivamente. O pH médio inicial do músculo foi de 6,7 e o final 5,6 e a contração máxima do sarcômero do músculo Ilio-ischiocaudalis ocorreu na 15a hora após a sangria (1,5µm). Essa carne apresentou força de cisalhamento menor que 6,0kg.

Palabras llave : carne de jacaré; rigor mortis; maciez.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués