SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue11Functional recovery of hip joint postoperative in dogs: clinic, radiographic and biomechanical studyCommercial ELISA® kit for detection of coproantigen and coproparasitological method in bovine livers with fascioliasis convicted author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

ROSSI, Rodolfo Santos; RIZZO, Huber; PIATTI, Rosa Maria  and  GREGORY, Lilian. Sinais clínicos e ocorrência de anticorpos anti-Chlamydophila abortus em ovinos de São Paulo e Minas Gerais. Cienc. Rural [online]. 2012, vol.42, n.11, pp. 2018-2024.  Epub Sep 25, 2012. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782012005000096.

A Chlamydophila abortusi, anteriormente conhecida como Chlamydia psittaci sovovar 1, é uma bactéria Gram negativa, intracelular obrigatória. Esse micro-organismo é frequentemente encontrado em distúrbios reprodutivos em ovinos, bovinos e caprinos, sendo o aborto epizoótico dos bovinos e o aborto enzoótico dos ovinos e caprinos as manifestações mais importantes. Considerando-se o pouco material literário a respeito da clamidofilose no Brasil, a pesquisa teve como objetivo determinar a presença de anticorpos fixadores de complemento anti-Chlamydophila abortusi, correlacionando os resultados obtidos com achados no exame clínico e histórico dos animais, além de alterações nos índices zootécnicos, em especial na esfera reprodutiva, tais como alto índice de repetição de cio, número elevado de abortamentos, elevado número de natimortos, entre outros. Foram testadas para prova de fixação do complemento 220 amostras de soro de ovinos, de 26 propriedades, distribuídas em 19 municípios, com relato de manifestação reprodutiva, obtendo-se 19,55% (43/220) de testes positivos para Chlamydophila abortusi, com ocorrência de foco constatada de 61,53%. No geral, a titulação de anticorpos encontrada foi baixa, com título não superior a 64. A frequência de manifestação reprodutiva mais observada foi o aborto, representando 65,12% (28/43) do número total de animais soropositivos, seguido de repetição de cio juntamente com nascimento de cordeiro fraco, com frequência de 6,98% (3/43) e, por fim, morte neonatal com 4,65% (2/43), sendo que não houve associação significativa entre animais que foram positivos ao teste e a esses fatores.

Keywords : ovinos; aborto; Chlamydophila abortus; aborto enzoótico dos ovinos; clamidofilose.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese