SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número4Método ultrassônico para estimativa do módulo de elasticidade de madeiras de Pinus taeda tratadas termicamenteAnatomia descritiva aplicada à cinesiologia e biomecânica básica dos músculos da cintura peitoral, estilopódio e zeugopódio do jacaré do papo amarelo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478

Resumo

STANGERLIN, Diego Martins; COSTA, Alexandre Florian da; PASTORE, Tereza Cristina Monteiro  e  GARLET, Alencar. Dureza Rockwell da madeira de três espécies amazônicas submetidas a ensaios de apodrecimento acelerado. Cienc. Rural [online]. 2013, vol.43, n.4, pp.623-630.  Epub 15-Mar-2013. ISSN 0103-8478.  https://doi.org/10.1590/S0103-84782013005000022.

Objetivou-se avaliar o emprego de ensaios de dureza Rockwell na caracterização da biodeterioração das madeiras de Simarouba amara (marupá), Cariniana micrantha (jequitibá) e Dipteryx odorata (cumaru), submetidas ao ataque dos fungos apodrecedores Trametes versicolor (podridão branca) e Gloeophyllum trabeum (podridão parda). Para tanto, corpos de prova de cada espécie amazônica foram submetidos a ensaios de apodrecimento acelerado, de acordo com a ASTM D2017 (2005), durante 20 semanas. A caracterização da dureza Rockwell foi realizada semanalmente até a 4ª semana e, posteriormente, a cada duas semanas, até a 20ª semana. Adicionalmente, foram determinadas as perdas de massa, conforme critérios estabelecidos pela ASTM D2017 (2005). Quanto aos resultados, destaca-se que a dureza Rockwell pode ser empregada como ferramenta principal na caracterização da biodeterioração da madeira, sendo sensível na predição dos estágios iniciais. Dentre as madeiras amazônicas, o cumaru apresentou a maior resistência natural aos fungos apodrecedores. Com relação aos fungos, a podridão parda atacou mais intensamente as três madeiras amazônicas.

Palavras-chave : biodeterioração; podridão branca; podridão parda; madeira tropical; qualidade da madeira.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons