SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número9Absorção foliar de cobre por plantas de milho: efeitos no crescimento e rendimentoAplicação curativa de fungicidas e seu efeito sobre a expansão de lesão da mancha-amarela do trigo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478

Resumo

SPOLTI, Pierri  e  PONTE, Emerson Medeiros Del. Agressividade diferencial de espécies do complexo Fusarium graminearum em interação com o fungicida tebuconazole na redução do rendimento de trigo. Cienc. Rural [online]. 2013, vol.43, n.9, pp.1569-1575. ISSN 0103-8478.  https://doi.org/10.1590/S0103-84782013000900006.

No Brasil, a giberela em trigo é causada por espécies do complexo Fusarium graminearum, especialmente F. graminearum sensu stricto (Fgss) e F. meridionale (Fmer), as quais variam quanto ao potencial toxigênico. O objetivo deste trabalho foi avaliar a relação entre características fenotípicas e agressividade dessas duas espécies associadas ao uso do fungicida tebuconazole, da classe dos triazóis, com a redução de rendimento do trigo. Em dez isolados Fgss e nove Fmer, foram avaliados: esporulação total, taxa de germinação e sensibilidade ao fungicida tebuconazole. A inoculação, para cada isolado, foi feita por aspersão em espigas e as variáveis severidade da doença, incidência de grãos giberelados e o peso de grãos foram avaliados. O efeito de tebuconazole na redução da doença foi avaliado em ação protetora, seguida de inoculação na espigueta central de plantas da cultivar 'BRS Guamirim', com os seguintes tipos de inóculo: somente Fgss, somente Fmer ou a mistura de ambos (1:1). Isolados Fgss apresentaram maior esporulação total, maior taxa de germinação e foram menos sensíveis ao tebuconazole em comparação a Fmer. Grãos giberelados por isolados Fmer apresentaram 50% maior peso do que aqueles provenientes de inoculações com Fgss. O tebuconazole apresentou efeito fungistático e os grãos de espigas tratadas com o fungicida apresentaram peso 25% superior aos não tratados. Sugere-se que diferenças no potencial de dano aos grãos pelas duas espécies, assim como o efeito fungistático de triazóis, podem ajudar a explicar a co-ocorrência de diferentes micotoxinas, o que ainda necessita ser confirmado com dados de campo.

Palavras-chave : Fusarium graminearum sensu stricto; Fusarium meridionale; peso de grãos; análise multivariada.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons