SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 issue3Perspectives for the application of voltage-dependent calcium channels blockers conotoxin in spinal cord injuryTramadol effects on clinical variables and the mechanical nociceptive threshold in horses author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478

Abstract

SOUZA, Fernando Wiecheteck de et al. Ovariohisterectomia por videocirurgia (via NOTES vaginal híbrida), celiotomia ou miniceliotomia em cadelas. Cienc. Rural [online]. 2014, vol.44, n.3, pp.510-516. ISSN 0103-8478.  https://doi.org/10.1590/S0103-84782014000300020.

A ovariohisterectomia (OH) eletiva em cadelas é o procedimento mais realizado na cirurgia de pequenos animais. No presente trabalho, foram utilizados três grupos de sete animais (GI, GII e GIII), submetidos a três técnicas de OH eletiva: por celiotomia ("técnica convencional"), por miniceliotomia ("técnica do gancho de Snook"), via cirurgia endoscópica transluminal por orifícios naturais (NOTES) híbrida. Na comparação, foram considerados o tempo de cirurgia, as complicações e dificuldades técnicas trans e pós-operatórias, a avaliação de dor pós-operatória, a quantidade (g) de sangramento cirúrgico estimado, além da determinação de determinados parâmetros vitais, como: frequência cardíaca (FC), frequência respiratória (ƒ), temperatura retal, pressão arterial (média) invasiva (PAI) e a pressão venosa central (PVC). A OH via NOTES vaginal híbrida foi a técnica que apresentou menor escore de desconforto pós-operatório, menor sangramento cirúrgico, porém com maior tempo cirúrgico, comparado com as modalidade convencional e por miniceliotomia.

Keywords : castração; laparoscopia; cirurgia minimamente invasiva; canino.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License