SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número2Perfil volátil do suco do maracujá-amarelo por técnicas de extração em headspace estático e microextração em fase sólidaProblemas enfrentados por extensionistas rurais brasileiros e sua relação com suas concepções de extensão rural índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478

Resumo

MATOS, Ângelo Paggi; MORIOKA, Luiz Rodrigo Ito; SANT'ANNA, Ernani Sebastião  e  FRANCA, Kepler Borges. Teores de proteínas e lipídeos de Chlorella sp. cultivada em concentrado de dessalinização residual. Cienc. Rural [online]. 2015, vol.45, n.2, pp.364-370.  Epub 14-Out-2014. ISSN 0103-8478.  http://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20121104.

A dessalinização é um método de obtenção de água potável limitado pelos problemas ambientais, causados pelo resíduo gerado em seu processo. O objetivo deste estudo foi avaliar o cultivo de Chlorella sp., em meio de cultura a base de concentrado de dessalinização, e determinar os teores de proteínas e lipídeos ao longo dos ciclos de cultivo. Os cultivos foram desenvolvidos em fotobiorreatores cônicos invertidos (4L) e mantidos durante 28 dias resultando em quatro ciclos de cultivo. Para cada ciclo de cultivo, os valores de biomassa (peso seco, g L-1) resultaram em 1º ciclo, 1,55; 2º ciclo, 0,96; 3º ciclo, 0,62, e 4º ciclo em 0,42. Os teores de proteínas e lipídeos variaram entre 45,2 a 48,8% e 8,5 a 11,4%, respectivamente. O primeiro ciclo de cultivo apresentou a maior produtividade em biomassa (PB = 200 mg L-1 dia-1) e produtividade lipídica (PL = 19,6 mg L-1 dia-1), bem como o maior teor de proteínas (48,8%). O maior teor de lipídeos (11,4%) foi obtido no segundo ciclo de cultivo. Foi observado, nos quatro ciclos de cultivo, que a produtividade em biomassa está diretamente correlacionada com a produtividade lipídica, indicando que quanto maior a PB maior será a PL. Os resultados da cultura de Chlorella sp. demonstraram que é possível utilizar o concentrado de dessalinização residual como meio de cultura alternativo e obter biomassa ao longo de quatro ciclos de cultivo, sem comprometer os teores de proteínas e lipídeos na célula microalgal.

Palavras-chave : águas residuais; biomassa; microalga.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )