SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número10Isolamento e caracterização de células tronco mesenquimais derivadas de geléia de Wharton bovina e seu potencial para uso na clonagem por transferência nuclearDesempenho de pintos de corte nas fases pré-inicial e inicial, utilizando dietas com diferentes valores de energia metabolizável dos ingredientes, em diferentes idades índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão On-line ISSN 1678-4596

Resumo

BARROS, Séfora Vieira da Silva Gouvêa de et al. Ceratoplastia lamelar em coelhos usando enxerto de omento alógeno livre e células mesenquimais omentais associadas com membrana amniótica canina. Cienc. Rural [online]. 2016, vol.46, n.10, pp.1838-1845.  Epub 27-Jun-2016. ISSN 1678-4596.  https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20151348.

Objetivou-se, com a pesquisa, avaliar os efeitos clínicos e microscópicos da associação do omento de coelho com a membrana amniótica (AM) canina, na ceratoplastia lamelar em coelhos. Dois grupos foram constituídos: um recebeu enxerto de omento alógeno livre, recoberto por AM (grupo OM- graft); o outro recebeu enxerto de AM contendo células mesenquimais derivadas do omento (grupo OM-cell). Manifestações clínicas foram avaliadas em diferentes tempos de pós-operatórios. Após as avaliações clínicas, coelhos foram submetidos à eutanásia e córneas foram colhidas para histopatologia e imunohistoquímica (Ki-67, marcador de proliferação). Relativamente às manifestações clínicas, ambos os grupos apresentaram sinais de quemose, blefarospasmo, secreção ocular, hiperemia e opacidade/edema. Neovascularização foi observada no grupo OM-cell. Avaliações à histopatologia mostraram que uma amostra de OM-cell apresentou ilhas de epitélio dentro do estroma. Aos 30 dias de pós-operatório, observou-se reepitelização corneal completa, em OM-graft e OM-cell. O grupo OM-cell apresentou mais células positivas para Ki-67. O omento livre e suas células, associados à AM, contribuíram para a reparação corneal, que se completou após 30 dias de ceratoplastia lamelar.

Palavras-chave : células progenitoras; córnea; membrana amniotica; omento; reparação tecidual..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )