SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 issue1Bartholin’s gland adenoma in a Saanen goatOccurrence of squamous cell carcinoma in Milchschaf sheep in Uruguay author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Rural

On-line version ISSN 1678-4596

Abstract

CARVALHO, Ciro José Sousa de et al. Diferentes extratos das folhas de Brunfelsia uniflora em camundongos. Cienc. Rural [online]. 2018, vol.48, n.1, e20170246.  Epub Dec 18, 2017. ISSN 1678-4596.  https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20170246.

No Brasil, pelo menos 16 espécies de plantas tóxicas podem afetar o sistema nervoso central dos bovinos. Recentemente no estado do Piauí, no Nordeste do Brasil, Brunfelsia uniflora foi relatada como causadora de sinais nervosos em jumentos, bovinos e pequenos ruminantes. Para avaliar a toxicidade de B. uniflora, 20 camundongos foram distribuídos em quatro grupos de cinco animais recebendo diferentes extratos da planta. Os extratos de alcalóides, flavonóides, saponinas ou solução salina (grupo controle) foram administrados por gavagem. Após a administração dos extratos, em dose única (5g kg-1), todos os animais foram observados diariamente. Os camundongos que receberam os extratos de B. uniflora apresentaram sinais clínicos moderados a graves, incluindo piloeração, vocalização e convulsões. Todos os camundongos que receberam extrato de saponinas morreram entre 10 e 20 minutos após. A avaliação bioquímica sérica dos animais que receberam saponinas, revelou discretos aumentos nos níveis de proteína total e diminuição nos níveis de magnésio e cloro. Conclui-se que, as saponinas presentes nas folhas de B. uniflora induzem efeitos neurológicos tóxicos agudos e, morte em camundongos.

Keywords : toxicidade; alcaloides; saponinas; flavonoides; Brunfelsia; Solanaceae.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )