SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 issue2Detection of virulence genes and the phylogenetic groups of Escherichia coli isolated from dogs in BrazilIschemic myelopathy caused by fibrocartilaginous embolism in a horse author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência Rural

On-line version ISSN 1678-4596

Abstract

GARCIA, Juan Agustín et al. Senecio spp. Afetando a pecuária no Uruguai e sua associação com alcaloides pirrolizidínicos. Cienc. Rural [online]. 2018, vol.48, n.2, e20170621.  Epub Feb 08, 2018. ISSN 1678-4596.  http://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20170621.

No leste do Uruguai houve um aumento significativo da seneciosis no gado de pastagem com a maioria das localidades afetadas em municípios vizinhos à fronteira brasileira. Aplicou-se um questionário em 28 fazendas associadas a surtos de intoxicação em bovinos de pastagem na fronteira leste do Uruguai. Coletaram-se cinquenta populações de Senecio para análise de alcalóides e identificação de espécies. Identificaram-se quatro espécies: S. oxyphyllus DC, S. madagascariensis Poir, S. brasiliensis (Spreng.) Less. e S. selloi DC. Identificaram-se os seguintes alcalóides mediante análise combinado de GC-MS e HPLC-MS: retrorsina em S. oxyphyllus; retrorsina, usaramina e senecivernina/senecionina em S. selloi; retrorsina, senecivernina/senecionina, integerimina e usaramina em S. madagascariensis; e integerrimina, retrorsina e senecionina em S. brasiliensis. A concentração média total de alcalóides foi mais elevada em S. brasiliensis (17,6mg/g) seguido de S. oxyphyllus (6,2mg/g), S. selloi (1,8mg/g) e S. madagascariensis (0,6mg/g). As concentrações de alcaloides foram maiores em 2015 em vista à 2016, provavelmente, devido a um fator ambiental comum. As espécies S. oxyphyllus e S. madagascariensis não foram previamente reconhecidas como plantas tóxicas no leste do Uruguai. Particularmente, S. oxyphyllus esteve presente em 82% das fazendas pesquisadas e ocorreu em alta densidade com concentrações relativamente elevadas de alcalóides de pirrolizidina sugerindo que S. oxyphyllus pode ser a principal espécie envolvida nos surtos relatados de seneciosis.

Keywords : seneciosis; metabólitos secundários de plantas; ruminantes; intoxicação por plantas; Asteraceae.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )