SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número3Progresso genético com a seleção de clones de Coffea canephora para produção superior de café beneficiadoEfeito da adição de caldo de cana-de-açúcar na dinâmica da população de Escherichia coli e presença de E. coli shigatoxigênicas durante a codigestão anaeróbia de dejetos bovinos leiteiros índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão On-line ISSN 1678-4596

Resumo

KURISSIO, Jacqueline Kazue et al. Ocorrência de Felis catus gammaherpesvirus 1 (FcaGHV1) e coinfecções com patógenos virais felinos em gatos domésticos no Brasil. Cienc. Rural [online]. 2018, vol.48, n.3, e20170480.  Epub 15-Mar-2018. ISSN 1678-4596.  https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20170480.

Felis catus gammaherpesvirus 1 (FcaGHV1) pode causar uma infecção assintomática, que resulta em uma transmissão eficiente e consequente disseminação do virus na população felina. Este estudo utilizou a detecção molecular por qPCR (PCR quantitativa) baseado na amplificação de um fragmento do gene da DNA polimerase para avaliar a ocorrência de FcaGHV1, sendo correlacionado a outros patógenos virais felinos como Carnivore protoparvovirus 1 (CPPV-1), Felid alphaherpesvirus 1 (FeHV-1) e aos retrovírus felinos como vírus da imunodeficiência felina (FIV) e vírus da leucemia felina (FeLV). Das 182 amostras de sangue avaliadas, 23,6% (43/182) foram positivas para FcaGHV1. Aproximadamente 37,9% (33/87) das amostras positivas para retrovirus também foram positivas para FcaGHV1 (P<0,0001). Entre as amostras FIV-infectadas, 49% (24/49) foram positivas para FcaGHV1 (P<0,0001). A infecção por FcaGHV1 não foi associada à coinfecção por FeLV (P>0,66) e CPPV-1 (P>0,46). Todas as amostras foram negativas para FeHV-1. Felinos machos foram significativativamente associados à infecção por FcaHV1 (P <0,0001) e o risco de infecção com FcaGHV1 foi aproximadamente 7,74 vezes maior comparados às femeas. Os filhotes (≤1 ano) foram os menos acometidos pela infecção por FcaGHV1 sendo verificado uma proporção de 7.7% (4/52). Assim, gatos machos com mais de um ano de idade e infectados por FIV foram, consideravelmente, mais susceptíveis a serem infectados com FcaGHV1. Para nosso conhecimento, este é o primeiro estudo que relata a ocorrência de infecção e detecção molecular de FcaGHV1 em gatos domésticos no Brasil e na América do Sul.

Palavras-chave : gamaherpesvirus; herpesvirus; patógenos felinos; doenças infecciosas; diagnóstico.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )