SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 special issueWater relations in a rubber-tree plantation of Piracicaba, SPEffect of different materials on soil pH author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Scientia Agricola

Print version ISSN 0103-9016

Abstract

KIRDA, C.  and  REICHARDT, K.. Comparação de sondas de neutrons com métodos não nucleares na estimativa da água no solo em condições de campo. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 1992, vol.49, n.spe, pp. 111-121. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90161992000400015.

A sonda de neutrons é comparada com a amostragem gravimétrica, com a tensiometria e com o uso de blocos de resistência, em relação à estabilidade, variabilidade do campo, dependência espacial e múmero de amostras necessárias levando em conta determinado nível de significância. A variância das medidas de umidade do solo obtidas por sonda de neutrons é menor do que para a amostragem gravimétrica, que requer um número de amostras 2 a 6 vezes maior em relação à sonda de neutrons dentro de um mesmo nível de significância. A dependência espacial das medidas feitas com sondas de profundidade variou de acordo com os níveis de umidade do solo. Nenhuma dependência espacial ficou evidente para umidades menores que 0,2 cm3.cm3 (50% da saturação). Medidas com tensiômetros e blocos de resistência não manifestaram dependência espacial e, por isso, a escolha das parcelas para medida facilmente se adaptam a esquemas experimentais nos quais estes métodos podem ser utilizados. Medidas de umidade de solo obtidas por sondas de neutrons mostraram uma estabilidade temporal bem definida (isto é, os valores menor, médio e mais alto de umidade do solo ocorrem na mesma posição no campo experimental) o que significa que o estado da umidade do solo de um campo relativamente grande pode ser determinado através de um número limitado de medidas. Medidas com tensiômetros e blocos de resistência são variáveis no tempo (isto é, a parcela que indica a umidade média do campo varia espacialmente no tempo) devido a seus domínios de medida relativamente menores (isto é, tamanho da área que pode ser representada por uma única medida) em comparação com sondas de neutrons. Por isso não é possível definir posições de medidas para tensiômetros e blocos de resistência para caracterização da umidade do solo do campo todo, da forma como foi possível para sondas de neutrons.

Keywords : sonda de neutrons; tensiômetros; blocos de resistência; variabilidade espacial; umidade do solo.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English