SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 special issueComparison of neutron moisture gauges with nonnuclear methods to measure field soil water statusCellulose mill liquid alkaline waste and gypsum as a substitute for lime in soils author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Scientia Agricola

Print version ISSN 0103-9016

Abstract

VELOSO, C.A.C.; BORGES, A.L.; MUNIZ, A.S.  and  VEIGAS, I.A. de J.M.. Efeito de diferentes materiais no pH do solo. Sci. agric. (Piracicaba, Braz.) [online]. 1992, vol.49, n.spe, pp. 123-128. ISSN 0103-9016.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-90161992000400016.

A grande maioria dos solos agrícolas brasileiros apresenta alta acidez (pH H2O < 5,5) sendo um dos principais responsáveis pela baixa produtividade das culturas. Estes solos exigem a aplicação de corretivos para elevar o seu pH, neutralizar os efeitos dos elementos tóxicos, fornecer Ca e Mg como nutrientes e aumentar a produtividade das culturas. Com o objetivo de verificar o efeito de diferentes materiais (calcário calcinado e dolomítico, escória e gesso) no pH do solo, em função da dose aplicada (2, 4 e 6 t/ha) e do tempo de incubação (25, 50 e 75 dias), foi conduzido trabalho em condições de laboratório. Após o período de incubação e determinação do pH em água, concluiu-se que: a) todos os materiais, com exeção do gesso, foram eficientes para elevar o pH do solo. b) o efeito corretivo do material foi função do seu poder de neutralização (PN), ou seja, para uma mesma dose e tempo, quando maior o PN, maior o efeito do material no pH do solo; c) dentre os materiais estudados, o calcário calcinado foi o que provocou o maior aumento de pH, seguido do calcário dolomítico e da escória; d) a maior dose aplicada de cada corretivo correspondeu maior elevação de pH do solo.

Keywords : calcário calcinado; dolomítico; escória; gesso; pH.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese